Quando os vilões chegam ao poder

286 Visualizações Deixe um comentário

Com o fim da corrida eleitoral norte americanas e a eleição de Donald Trump como presidente, uma enxurrada de protestos e muita indignação tomou conta das redes sociais. Aproveitando o momento, separamos aqui três vezes em que a nona arte, imaginou um vilão no poder.

robkelly_x-menRobert Kelly

Desde o início se mostrando claramente preconceituoso em relação aos mutantes, Kelly se tornou presidente ainda nos anos 90, sua política de caça aos “Filhos do Átomo” foi fundamental para sua eleição. A coisa muda de figura quando o presidente sofre um atentado e acaba sendo salvo pelos X-Mens, tocado pelo acontecido, Robert Kelly muda sua visão e sua postura sobre os mutantes, isso lhe custa apoios políticos e o torna um dos mais impopulares já no início de seu mandato.

Lex Luthor

Luthor chega a presidência dos Estados Unidos através de sua fortuna. Praticamente “comprando” a confiança dos eleitores com benfeitorias públicas, Lex parece ser a melhor escolha. Somente após a eleição o vilão mostra sua verdadeira faceta, tramando o fim da Liga da Justiça e até mesmo desafiando o Superman.

lex_luthor_president

Caveira Vermelha

A Marvel previu um futuro nada amigável para seu universo em Velho Logan. Na história os Estados Unidos estãovelhologan-caveiravermelha dominados por vilões, que dividiram o país por territórios menores e se proclamaram senhores de suas terras. Justo na Casa Branca, ninguém menos que o próprio Caveira Vermelha toma conta da antiga capital.

Menção Honrosa – Os Simpsons

Em dois episódios icônicos, Os Simpsons mostraram algumas ações tomadas pelo Presidente Trump. Em um dos capítulos Lisa chega a Casa Branca, em seu discurso de posse a presidente deixa claro que herdou um país falido de Trump com um grande rombo no orçamento. Em outro episódio futurista da série, os americanos estão a mercê de bandidos geneticamente modificados, fruto de um programa do governo Trump que visava ajudar a juventude do país.

trump_simpsons

Biografia do Autor

Thompsom Sigel

Pesquisador e consumidor assíduo da cultura pop, nerd, viciado em cinema, apaixonado por quadrinhos, maluco por musica e com uma longa bagagem cultural. Este sou eu, publicitário e criativo. Com a pretensão de trabalhar com aquilo que gosta e a sensação de ter escolhido a área certa para isso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *