Dia da Televisão – Especial Sessão da Tarde

573 Visualizações Deixe um comentário

Em tempos modernos a televisão vem sendo deixada cada vez mais de lado, afinal o número de pessoas que não tem mais TV por assinatura porque preferem investir em um serviço de streaming é crescente. Mas, a TV já fez parte do dia a dia de todos e nos divertiu durante várias tardes tediosas em casa.

Você provavelmente já deve ter ouvido seus pais ou avós falaram que a televisão era artigo de luxo na época deles, de fato a primeira transmissão televisiva aconteceu para apenas três casas. O primeiro aparelho surgiu em 1928, e de lá para cá a abrangência, claramente, aumentou. A TV se consagrou como o principal meio de comunicação do século XX, ao ponto que cerca de 93% das casas no Brasil tinham um aparelho, enquanto só 23% tinham acesso a internet.

Um dos programas mais consagrados da televisão, e que iniciou a paixão de muitos pelo cinema, é a Sessão da Tarde. Ela fez parte da infância de todo amante da cultura pop hoje em dia, e há alguns clássicos que são inesquecíveis. Por isso, nesse dia da televisão nada melhor do que relembrá-los.

Um dos primeiros filmes, se não o primeiro, que vem a mente quando falamos de Sessão da Tarde é Lagoa Azul. O longa conta a história de dois adolescentes vivendo isoladamente e que acabam se apaixonando.

O filme é de 1980, e ganhou uma continuação em 1991, A Volta à Lagoa Azul. Atualmente esse filme seria considerado um escândalo, visto que a protagonista tinha apenas 15 anos de idade durante as filmagens.

Outro filme inesquecível, e que fez muitos de nós chorarem, foi Meu Primeiro Amor. Protagonizado por Macaulay Culkin e Anna Chlumsky, o longa mostra a relação de amizade entre duas crianças, que evolui para algo mais romântico, o primeiro amor.

A história seria bonitinha se não tivesse um fim trágico.

Aclamado pelo público e odiado pela crítica, Jumanji foi um dos filmes mais vistos na Sessão da Tarde durante os anos 90. O clássico de 1995 nos faz embarcar em uma aventura após descobrir que ao jogar o antigo jogo, Jumanji, as peças tomam vida.

 

Quem não se lembra da adorável Matilda? Uma menina desprezada por seus pais e irmãos, que acaba conhecendo uma professora amável que resolve adotá-la.

Esqueceram de Mim é um dos maiores clássicos da Sessão da Tarde que você respeita. Todos esperávamos ansiosos pelo Natal não só pelos presentes, mas para acompanhar, mais uma vez, as aventuras de Macaulay Culkin sozinho em casa durante a melhor época do ano.

 

Provavelmente você se lembra das aventuras de Débi e Loide, estrelado por Jim Carrey, que, aliás, foi um dos reis da Sessão da Tarde. Carrey emplacou vário filmes no programa da TV Globo, como O Mentiroso, que nos ensina que mentir nunca é a melhor saída.

 

Nos anos 90 os filmes de cachorro estavam em alta, vários clássicos com nossos amigos peludos passaram na Sessão da Tarde, como Lassie, a collie mais famosa do cinema, e Bingo – Esperto pra Cachorro. Longas  que nos fizeram implorar aos nossos pais por um melhor amigo daqueles.

Outro clássico imbatível da Sessão da Tarde é brasileiro, Lua de Cristal criou verdadeiros hinos na nossa infância que cantamos até hoje. O filme é protagonizado por, ninguém mais, ninguém menos, que Xuxa, a rainha dos baixinhos. O príncipe da história foi interpretado por Sérgio Malandro. De fato é uma pérola do cinema nacional, não é?

Há muitos filmes que nos marcaram na época de ouro da televisão, só para citar mais alguns: Ghost do Outro Lado da Vida, Uma Linda Mulher, Edward Mãos de Tesoura, etc. De uma coisa nós temos certeza, os tempos mudam, e, apesar da TV continuar sendo considerada um dos maiores meios de comunicação, a internet chegou para globalizar a informação e dar acesso a uma gama de programas, séries e filmes muito maior para os usuários, e você ainda pode escolher o que assistir e quando. De qualquer forma, os clássicos da Sessão da Tarde permanecem intocáveis e sempre vão ter um lugar em nossos corações.

Biografia do Autor

Lakini Suryana

Fanática por Harry Potter, mas publicitária e fotógrafa de formação. Trabalho com comunicação e encontrei na escrita uma das maneiras de me expressar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *