O que esperar do reboot de Hellboy

194 Visualizações Deixe um comentário

Sim, meus amigos, ao final da tarde do último dia 13, Mike Mignola quase derrubou a internet ao apresentar ao mundo a primeira imagem de David Harbor (Stranger Things), como o detetive demoníaco HellBoy. Diferente, mas não tão distante assim, da versão vivida por Ron Pearman, o novo parece carregar um tom mais sombrio. Marombado e cheio de cicatrizes, parece que teremos uma história mais perigosa, talvez mais séria do que a versão aventuresca dirigida por Del Toro.

Sendo assim, separamos aqui 5 HQs emCirco da Meia  que esta nova versão de HellBoy poderá se inspirar para criar uma história totalmente nova, diferente e envolvente.

#01 – Baba-Yaga

Logo de cara entramos fundo no folclore russo para conhecer a bruxa Baba-Yaga. Já apresentada em um arco anterior, aqui, a bruxa esta intimamente ligada a um caso de crianças desaparecidas, investigado por HellBoy. Esta história ainda estabelece toda uma trama futura, onde Baba-Yaga inicia uma elaborada vingança para acabar com a vida do demônio.

#02 – Caçada Selvagem

Já pensando em estabelecer uma trilogia, Caçada Selvagem é o segundo, e melhor, capitulo, de três, que leva a morte de HellBoy. Aqui o meio-demônio, é apresentado a toda sua linhagem e vai até o inferno para enfrentar uma grandiosa entidade, uma legião de gigantes, além de conhecer Morgana Le Fay. Este arco para sendo bem pessoal para o protagonista, levando-o por caminhos obscuros até seu derradeiro final. Vale a leitura.

#03 – O Circo da Meia Noite

Dando uma nova perspectiva ao passado do “Garoto-Demônio”, sua infância pode ser algo a ser explorado, nem que seja em uma breve introdução. para tanto, O Circo da Maia Noite pode ser um bom ponto de partida. Usando e abusando de um paralelo entre HellBoy e o Pinóquio, na história, cansado do “bulliyng”, causado pelos soldados, o pequeno HellBoy, foge com um circo. Duncan Fegredo é o responsável pela arte, dando uma concepção mais profunda aos detalhes da hq.

#04 – O Despertar do Demônio

Abusando de sua história intimamente conectada a Segunda Guerra Mundial e ao Nazismo, em O Despertar do Demônio, HellBoy enfrenta mais uma vez, uma vilã ligada diretamente ao seu arqui-inimigo, Rasputim. Na história, o Demônio vai a Romênia para elucidar o desaparecimento do corpo e um suposto vampiro, Vladimir Giurescu. Lá ele descobre o plano da filha de seu maior inimigo para ressuscitar o vampiro. A história, além de ser muito boa, ainda estabelece o tipo de ameaça em HellBoy está acostumado a lidar.

#05 – O Caixão Acorrentado

Por fim, uma história consideravelmente curta. Em apenas 9 páginas, Mignola revira o passado de HellBoy para nos apresentar a seus verdadeiros pais. Uma excelente escolha para a nova adaptação, já que é nesta HQ que descobrimos que o herói, é na verdade apenas meio demônio, já que sia mãe era uma bruxa.

E para você, qual o tom que a nova adaptação deve trazer ao cinema?
Lembrando que a produção já deve iniciar as filmagens neste mês e o longa é esperado para 2019.

 

 

Biografia do Autor

Thompsom Sigel

Pesquisador e consumidor assíduo da cultura pop, nerd, viciado em cinema, apaixonado por quadrinhos, maluco por musica e com uma longa bagagem cultural. Este sou eu, publicitário e criativo. Com a pretensão de trabalhar com aquilo que gosta e a sensação de ter escolhido a área certa para isso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *