O Hobbit – 80 Anos da Primeira Aventura

64 Visualizações Deixe um comentário

O Hobbit, ou Lá e de Volta Outra Vez, celebra hoje 80 anos de sua primeira publicação. Criado pelo gênio J.R.R. Tolkien, em 21 de setembro de 1937, a obra acompanha a história do hobbit Bilbo Bolseiro e sua primeira aventura através da Terra Média. Este é o mote principal de uma das histórias fantásticas mais aclamadas de todos os tempos.

Bilbo, que vivia tranquilamente no sossego de sua “toca” no Condado, acaba sendo “recrutado” de surpresa, pelo mago Gandalf e outros 13 anões que desejavam recuperar seu tesouro, tomado pelo horrendo dragão Smaug, O Magnifico. Assim o pequeno hobbit deixou a quietude e a mansidão de sua vida para trás para embarcar em uma gigantesca aventura. Não é segredo algum que Tolkien escreveu este livro para seus filhos, sendo assim é nítido o tom de aventura clássica que o livro tem e determinou para diversas outras obras literárias. A narrativa persegue a interessante percepção que o recluso hobbit tem do mundo. Ora curioso, ora pacato e por diversas vezes atrapalhado, Bilbo coloca seu “medo” do mundo de lado, para se aventurar e até mesmo se arriscar estrada a fora.

Mas nem sempre Bilbo foi de fato caseiro, nascido em 22 de setembro do ano 2890 da Terceira Era, quando jovem, esperava ansiosamente pelos dias em que o velho andarilho Gandalf passava por suas terras para lhe contas as mais estonteantes façanhas que o velho mago havia presenciado. Entretanto, nem sempre a vida foi boa para o pequeno Bolseiro. Após a morte de seus pais, Bilbo se habituou e fechar-se para o mundo. Sozinho, acostumou-se a ter como companhia apenas seus livros.

O próprio Tolkien já se referiu a sua obra como “ Um floco de neve germinando próximo a uma partícula de poeira.” e a julgar pela incrível jornada de Bilbo é bem por aí mesmo. O fim de O Hobbit, em momento algum significou o fim do Bolseiro, afinal, tempos mais tarde Gandalf faz mais uma visita ao Condado, desta vez a missão é destruir o Um Anel. Uma simples história, criada para entreter seus filhos, se torna uma jornada imaginativa que cativa milhões ao redor do mundo, cria um gênero e se torna ícone literário. A 80 anos atrás iniciávamos esta jornada.

É como o próprio Bilbo dizia ao Frodo:

“É perigoso sair porta afora, Frodo’, ele costumava dizer. ‘Você pisa na Estrada, e se não controlar seus pés, não há como saber até onde você pode ser levado…”

 

 

 

 

 

Biografia do Autor

Thompsom Sigel

Pesquisador e consumidor assíduo da cultura pop, nerd, viciado em cinema, apaixonado por quadrinhos, maluco por musica e com uma longa bagagem cultural. Este sou eu, publicitário e criativo. Com a pretensão de trabalhar com aquilo que gosta e a sensação de ter escolhido a área certa para isso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *